visita virtual               notícias      
 

 

       

  

 

 

  4ª edição do projeto resultante da parceria existente entre o Museu do Papel e a Escola EB1 da Igreja de Paços de Brandão, que apresenta o resultado do envolvimento das famílias e dos alunos nos temas integrados no Plano Nacional de Leitura, aprendidos ao longo do ano letivo de 2014-2015, expressos artisticamente sobre o papel reciclado e fabricado no museu. 

Os trabalhos expostos apresentam a capacidade criativa e interpretativa dos alunos, mas também o apoio dos pais e familiares, que em conjunto potenciam a aprendizagem proporcionada pela escola, a identidade cultural do Museu do Papel, reforçando os laços entre todos os intervenientes deste projeto.

 

 

marcação prévia para grupos organizados

 

 
 
 
 
 
 
the LOYD
 
For a While
official video
 
from the New álbum "HOME"
 
gravado no Museu do Papel
 
 
 
 
 
 
 
A Energia Hidráulica na Indústria do Papel
Museu do Papel
20’58’’ de 24’38’’

A História da Humanidade é também a da utilização da energia. Além da própria força, desde cedo o Homem recorreu à dos animais ou à que sabiamente retirou das águas dos rios, das marés, do vento...
Mais recentemente a energia obtida do carvão e do vapor impulsionou a revolução industrial. A energia elétrica foi responsável por profundas transformações e pelo aparecimento de um vasto e monumental património.


Também em Portugal a memória e a identidade do Território faz-se pelos Caminhos da Energia.

APRESENTADOR
Historiador Joel Cleto

 
 
 

Núcleo expositivo "da Floresta ao Papel"

 novo núcleo da exposição permanente do
Museu do Papel

 

  O novo grande núcleo “Da Floresta ao Papel” integra a exposição permanente do Museu do Papel, divulgando a História mais recente da Indústria do Papel em Portugal

 Exposição realça a diversidade e sustentabilidade dos produtos papeleiros e o seu contributo para a renovação e valorização da floresta portuguesa

 Milhares de crianças e jovens vão poder aprender que o papel é um produto renovável, reciclável e amigo do ambiente

 
Dirigida especialmente ao público escolar, esta exposição vem enriquecer a oferta do Museu do Papel com novos conteúdos interpretativos sobre a História mais recente da Indústria de pasta e papel em Portugal, e pretende ser um contributo para dar a conhecer o ciclo sustentável da produção do papel, bem como para mostrar a importância estruturante das indústrias da pasta e papel na geração de riqueza, emprego e bem-estar em Portugal.
 
Dividida em oito sub-núcleos que permitem ao visitante “viajar” desde a floresta até ao contacto direto com os tipos de papel disponíveis para as mais diversas utilizações, a exposição “Da Floresta ao Papel” integra um conjunto de soluções interativas e vários suportes de comunicação em papel evidenciando a complementaridade dos dois suportes de comunicação: papel e digital.
 
Este novo núcleo expositivo do Museu do Papel vai assim proporcionar aos visitantes uma viagem de conhecimento das diferentes fases do processo de fabrico de papel, assente na utilização de fibra virgem, desde a investigação laboratorial (I&D) à reflorestação, com ênfase na conservação da biodiversidade e na proteção florestal, passando pela utilização de energias renováveis e pela adoção de processos de produção eco-eficientes de pasta de celulose e de papel.
 
Em suma, esta exposição visa também realçar a diversidade e sustentabilidade dos produtos papeleiros e o seu contributo para a renovação e valorização da floresta portuguesa, sublinhando a importância desta indústria para o desenvolvimento económico, social e ambiental do País.
 
 

   Press-Release 




Forminhas




procurar no site
mudar papel
papel 1 papel 2 papel 3 papel 3
aumentar letra
Diminuir letra Aumentar letra
destaque
Nenhum registo encontrado.
agenda do museu